jurua_online_outubro_rosa.png

Variedades

França registra maior número diário de casos de Covid-19 desde maio

As contaminações pelo novo coronavírus aumentaram na França nas últimas 24 horas, mas o número de pacientes internados na UTI continua diminuindo. Os dados foram divulgados na quarta-feira (5) em um comunicado pela Direção Geral da Saúde do país, o órgão responsável pelo recenseamento da epidemia.
Entre terça (4) e quarta-feira, 1.695 casos de Covid-19 foram confirmados no país, contra 1.000 no final de julho. De acordo com as autoridades sanitárias francesas, 19 novos focos de propagação foram identificados no país – 294 ainda estão ativos.
Apesar do aumento do número de doentes, 384 pacientes continuam internados nas UTIs, quatro a menos do que na terça-feira. Um dos motivos é que a faixa etária mais atingida atualmente gira entre 15 e 44 anos de idade, pessoas com menos chances de desenvolverem formas graves da infecção pulmonar.
A próxima atualização dos dados acontecerá no dia 11 de agosto. As regiões parisiense, Provence-Alpes-Côte d'Azur, no sul, Hauts-de-France, no norte, e a Guiana Francesa reúnem 70% dos doentes graves internados nos setores de reanimação dos hospitais.
O Conselho Científico que orienta o governo francês na luta contra a Covid-19 preveniu, na terça-feira, que a epidemia pode acelerar de maneira incontrolável no país. O órgão fez um apelo para que as pessoas continuem respeitando os gestos de proteção, como uso de máscaras e distanciamento físico.
"Constatamos um aumento das chamadas ao Pronto-Socorro e de hospitalizações", declarou o ministro da Saúde, Olivier Véran, em entrevista publicada no site do jornal francês "Sud-Ouest" na quarta-feira.

 

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image