jurua_online_outubro_rosa.png

Política

Wilsilene Siqueira (PP) tem candidatura indeferida junto a Justiça Eleitoral, em Mâncio Lima

A Justiça Eleitoral da 4º Zona através do juiz responsável Marlon Martins, indeferiu o registro da candidatura de Wilsilene Siqueira (PP) à prefeitura de Mâncio Lima. Atendendo assim o pedido do Ministério Público Eleitoral que alegou que por Wilsilene ser casada com o irmão do atual prefeito Isaac Lima (PT), fica impossibilitada de se candidatar.

“Em razão disso, indeferido o pedido de registro de candidatura de Wilsilene Siqueira, para concorrer ao cargo de prefeito, pela Coligação Aliança Renovação e Esperança, no município de Mâncio Lima. Assim, estando irregular o pedido de registro ao cargo de prefeito indefiro o registro da chapa majoritária requerida pela Coligação Aliança Renovação e Esperança, consoante já registrado na sentença proferida nos autos do processo de registro do vice Rogério Correa” diz a decisão.

Além do Ministério Público, um partido político do município também pediu a impugnação de Wilsilene. Ela só poderia participar se Isaac Lima atual prefeito, tivesse se afastado do cargo seis meses antes do pleito, o que não aconteceu.

Segundo o advogado de Wilsilene Siqueira, já recorreram da decisão, e que a Silene continua Candidata a prefeita, a decisão em nada impede a mesma de seguir a sua campanha, e ela continua apta a disputar as eleições até a decisão final das instâncias superiores.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image