jurua_online_outubro_rosa.png

Política

Previous Next

Ministério Público do Acre pede impugnação da candidatura de Zequinha Lima para prefeito, mas o pedido é reconsiderado

O Ministério Público do Acre(MP-AC) pediu por meio da promotoria eleitoral Manuela Santana Farhat, ao juiz da 4ª Zona Eleitoral a alegação na candidatura do Zequinha Lima (PP) a prefeito de Cruzeiro do Sul.

A justiça identificou uma irregularidade na prestação de contas do candidato ainda em sua campanha no ano de 2016, junto à Justiça Eleitoral, na época foi candidato a vice-prefeito de Ilderlei Cordeiro, onde teve o mandato cassado em julho deste ano. Ilderlei ficou inelegível, diferente de Zequinha Lima segundo o Tribunal Regional Eleitoral.

A promotora relata ao juiz que a candidatura não pode ser deferida tendo em vista que à Zequinha falta condição de elegibilidade, posto que não se encontra quite com a Justiça Eleitoral. “A decisão que julga não prestadas as contas de campanha impede o candidato de obter a certidão de quitação eleitoral durante o curso do mandato ao qual concorreu, persistindo esses efeitos, após esse período, até a efetiva apresentação das contas”.

Ainda conforme relatório anexado, consta que “a requerente deixou de prestar contas com a Justiça Eleitoral, com data de julgamento na data de 02/10 de 2016″, cita ela.

Em uma petição divulgada posteriormente é pedido uma reconsideração, veja:

O MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, representado pela Promotora Eleitoral da 4ª Zona, no uso de suas atribuições legais, vem, respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, face ao Parecer Ministerial ID 11593992, reconsiderar a manifestação pelo indeferimento da candidatura de JOSÉ DE SOUZA LIMA, para manifestar-se pela realização de diligências em 3 (três) dias para manifestação do candidato ante a inconsistência levantada pelo sistema SISCONTA, já anexou aos autos.

Ante o exposto, o Ministério Público Eleitoral aguarda deferimento do pedido.

A petição foi assinada pela Promotora da 4ª Zona Eleitoral Manuela Canuto de Santana Farhat.

Em sua rede social o candidato a prefeito postou um vídeo em que diz que as acusações são o “desespero”, onde se refere a concorrentes políticos pela prefeitura de Cruzeiro do Sul.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image