jurua_online_outubro_rosa.png

Política

Eleições 2020 - O candidato a prefeito Sargento Adonis foi mais um entrevistado no Juruá Notícias

O candidato à vaga para prefeito em Cruzeiro do Sul, que foi entrevistado nesta quinta-feira pelo Jornal Juruá Notícias é o Sargento Adonis (PSL). Ele iniciou a entrevista falando que existe por parte da sua pessoa, um débito com o município e que isso o motivou a se candidatar para o cargo. Segundo Adonis, sua história de superação por ter nascido em uma família de poucos recursos financeiros e ter visto as dificuldades que passa a população de perto, resolveu abraçar este desafio.

 

"Eu nasci dentro de um batelão dentro do Rio Juruá, comecei a trabalhar muito cedo, tirei da areia do Boulevard, fiz papagaio para vender e vendi bolinho de trigo na rua. Venho de família humilde, de família trabalhadora", disse. O candidato falou ainda que recentemente saiu de outro partido, qual foi filiado no ano de 1999 para poder concorrer nessas eleições por seu partido atual.

 

Questionado sobre a declaração de seu patrimônio que lhe proporciona a não se interessar pelo salário de prefeito, Adonis comentou que foi verdadeiro ao declarar seu patrimônio e disse que sempre teve vontade de crescer financeiramente. “Eu sempre trabalhei, sempre estudei, trabalhei no mercado vendendo perfumaria, e com muita luta, muita determinação e muita objetividade construí o patrimônio que tenho hoje, sem roubar um centavo do dinheiro público”, afirmou.

 

Sobre a “nova cara” que a população tanto espera na política, o sargento disse que ainda não havia se candidatado a outro cargo e que acredita que há uma esperança em desempenhar uma política diferente na prefeitura, de honestidade e comprometimento. “Eu tenho certeza que é possível fazer uma política de respeito para o cidadão cruzeirense e certamente o povo está vendo e analisando a nossa história, abrindo os olhos para saber quem deve estar à frente da prefeitura nos próximos quatro anos”.

 

Sargento Adonis, tem parentes que são deputados atuantes em partidos com divergências ideológicas do seu e perguntado se teria alguma influência de alguma forma em sua atuação dentro da polícia ou na sua administração caso vença as eleições, ele respondeu que tem respeito pelos parentes mas cada um segue um caminho, "Nós não vamos comprometer nossa gestão, trazendo pessoas que de repente não tenham a mesma percepção que nós temos".

 

Quanto a segurança pública ele informou que apesar de ser uma responsabilidade do estado, que cada gestor tem certa responsabilidade, e para contribuir com isso poderia por exemplo cuidar da infraestrutura na manutenção da iluminação pública já que o cidadão paga a taxa para que esse serviço funcione. Outras propostas foram apresentadas pelo candidato, melhorias na economia com o incentivo aos microempresários individuais, aos produtores rurais, aos feirantes do centro comercial que segundo ele pode ter condições mais dignas com uma construção de terminal rural que abrigue quem chega dos ramais.

 

Na educação, área que ele relatou ter mudado sua vida, ele disse, "Eu sou resultado do carinho e da dedicação dos nossos mestres, daí eu ter um apreço especial por todos eles. Nós precisamos tornar nossa educação mais atrativa, trabalhando a infraestrutura predial escolar. É inadmissível chegar num ramal e ver as escolas em condições precárias. Citou ainda que o piso salarial de municípios vizinhos é maior que em Cruzeiro do Sul que é o segundo município mais desenvolvido no estado.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image