#

Política

Ofício pedindo intervenção federal na Segurança com assinatura de deputados será enviado para Gladson

A onda de violência que assola o Acre e a morte do Oficial da Polícia Militar Amarildo Carneiro da Costa, de 56 anos, estão sendo o estopim para um movimento que vem tomando corpo nos corredores da Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira, 5. Um ofício que será encaminhado ao governador Gladson Cameli pede ao chefe do Palácio Rio Branco a decretação de uma intervenção federal na Segurança Pública.

O documento, de autoria do deputado Roberto Duarte (MDB), de 4 páginas usa como argumento a falta de efetivo de policiais militares e civis, a crise no sistema prisional e as 47 mortes violentas registradas somente em janeiro deste ano.

“O cenário de grave comprometimento da ordem pública, decorrente de crise sem precedentes, derivada não apenas das falhas acumuladas ao longo dos anos na gestão pública estadual, mas da má gestão administrativa destes setores na atualidade. O objetivo deste pedido é recuperar a capacidade operativa dos órgãos de Segurança Pública e focar na redução dos índices de criminalidade atendendo ao pedido de comerciantes, chefes de instituições religiosas, e de toda população em geral”, argumenta o deputado.

O parlamentar emedebista pretende colher assinaturas dos deputados da Assembleia Legislativa. “Estamos escutando todo mundo reclamando. Acho que chegou a hora desta casa se posicionar. Os membros do legislativos precisam dizer se estão do lado do povo ou do lado do governo. As pessoas não aguentam mais. Quem quiser assinar, fique a vontade”, justificou.

O ofício ainda destaca que caso Cameli acate o pedido, que se garanta ao interventor poderes de gestão administrativa e financeira.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image