Juruá Online

Polícia

Família segue sem notícias de jovem que sumiu há mais de um ano em Cruzeiro do Sul

A família de Gabriel Martins Nery de Araújo, que sumiu aos 19 anos em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, segue sem notícias do paradeiro dele há mais de um ano. O rapaz desapareceu no dia 14 de outubro de 2019 sem deixar vestígios.
Na época, a família distribuiu fotos do jovem em redes sociais e chegou a oferecer uma recompensa de R$ 5 mil para quem tivesse notícias dele.
"A polícia diz que está investigando e fico esperando sempre uma resposta. Não tivemos nenhum vestígio do paradeiro dele. Ficou complicado porque na época as câmeras próximas estavam com defeito, as únicas imagens que pegamos foi de um supermercado perto, mas depois não teve como. Sempre fico perguntando para o delegado, mas, às vezes, é tudo muito devagar", explicou a mãe do rapaz, Maria Neri de Souza.
O delegado que investiga o caso, Lindomar Ventura, e ele explicou, por mensagem de texto, que está fora de Cruzeiro do Sul e só retorna no final do mês. Ventura disse também que segue sem novidades no caso.
Maria Nery contou que conversou recentemente com o delegado e ele falou que estava de férias, mas que as equipes continuavam investigando o caso.
"Sempre convivi muito com o Gabriel, ele sempre foi muito dependente de mim. É um menino muito orgulhoso, não dá o braço a torcer e acredito que como aconteceu toda essa situação, se tiver em algum lugar, não quer dá o braço a torcer. Na época, eu estava com ele, meu irmão conseguiu um emprego para ele, estava tudo ajeitado e fui para Manaus. Acho que está vivo, sim, mas não quer aparecer, tem o orgulho por ter abandonado tudo, tinham um emprego bom", lamentou.
Suspeitas
A família informou ainda que pediu que a polícia quebrasse o sigilo bancário do rapaz para descobrir se alguém estava depositando dinheiro para ele. Contudo, os parentes ainda não tiveram respostas.
"Ele é um rapaz muito bonito, de repente alguém ofereceu dinheiro, ele tinha muito seguidores, é um menino sem maldade, vai com os outros, o que falasse para ele era verdade. Falava para não confiar em todo mundo. Acho que foi com alguém para algum lugar", destacou Maria.
Ainda segundo a mãe, antes de sumir, Gabriel deixou dinheiro para ela pagar algumas contas, cortou o cabelo, comprou tênis e outros pertences. Maria contou também que achou alguns objetos femininos no quarto do rapaz depois do sumiço.
"Ele deixou dinheiro para mim, porque sabia que eu ia para pagar a internet e outras contas. Achamos uma cordão de mulher, um carregador. Na época, pedimos que um hacker visse o telefone dele e estava conversando com uma mulher, passei para o delegado e nada ainda. Ninguém conhece essa moça", finalizou.
Desaparecimento
Araújo sumiu em outubro de 2019 quando saiu para caminhar com um amigo em Cruzeiro do Sul. Desesperados, familiares ofereceram uma recompensa de R$ 5 mil por qualquer informações sobre o paradeiro do rapaz.
Em um vídeo, gravado no dia 26 janeiro de 2020, a mãe dele fez um apelo para que o filho voltasse para casa ou que desse notícias.
No dia do sumiço, Maria contou que o filho avisou, por volta das às 20h51, que iria caminhar com um amigo. O rapaz morava sozinho em um apartamento no bairro Morro da Glória.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA