Juruá Online

Polícia

Jogador Marcinho presta depoimento sobre atropelamento de casal no Rio

O ex-jogador do Botafogo Márcio Almeida de Oliveira, o Marcinho, apontado pela polícia como suspeito de ter atropelado um casal no Recreio, chegou por volta das 11h desta segunda (4) na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) para prestar depoimento.

Por volta das 10h20, o advogado que representa o atleta chegou à delegacia. Nem o jogador, nem o advogado quiseram dar declarações.

Na quarta-feira (30), os professores Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima atravessavam a Avenida Sernambetiba, na altura do número 17.170, quando foram atingidos pelo carro, modelo Mini Cooper. O motorista fugiu sem prestar socorro.

Alexandre morreu na hora e a mulher foi operada no hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Ela passou por uma cirurgia e foi transferida para uma unidade particular.

Segundo as investigações, o carro foi rebocado para a garagem mora o pai de Marcinho. O veículo está no nome da empresa do pai do jogador.

Após o atropelamento, Marcinho se posicionou oficialmente sobre o caso através de sua assessoria de imprensa e afirmou que está dando suporte aos envolvidos. A nota informa ainda que o pai do jogador, Sérgio de Oliveira, também prestará depoimento às autoridades.


 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA