#

Polícia

Mais de 05 roubos e furtos são registrados em menos de 24 horas em Cruzeiro do Sul

Nas últimas 24 horas foram registrados pelo menos 05 crimes de roubo e furto em Cruzeiro do Sul (AC). Em um deles, dois indivíduos que estavam em uma bicicleta tentaram roubar um boi de uma fazenda localizada na Variante. O proprietário conseguiu recuperar o animal e os dois suspeitos foram presos. O segundo caso foi um furto de seis botijas de gás de um posto de gasolina. Os ladrões levaram os objetos, sem que os funcionários notassem.

O terceiro registro aconteceu em uma pizzaria na Avenida Copacabana, onde os assaltantes levaram mais de R$1500 reais. A quarta ocorrência se deu no bairro da Cohab, sendo um assalto de uma moto. Os acusados abordavam um homem, no momento um amigo da vítima chegou no local e indagou sobre o que acontecia. Os bandidos desistiram do primeiro assalto e levaram a moto do amigo. A quinta ocorrência foi no centro da cidade, onde dois homens vestidos com farda das endemias assaltaram uma idosa e levaram quase R$4 mil reais.

 “A Policia Militar tem trabalhado diuturnamente. Desde o final do ano passado estamos registrando um decréscimo nesses crimes. No Vale do Juruá conseguimos recuperar mais de 80% das motocicletas. Ontem mesmo foi recuperada uma moto em Mâncio Lima, e o proprietário terá acesso novamente”, enfatizou o assessor da PM em Cruzeiro do Sul, Tenente Robson Belo.

Segundo o delegado Vinícius Almeida, dos mais de 4 mil boletins crimes registrados em 2019 na delegacia de Cruzeiro do Sul, mais de 1300 eram de crimes contra o patrimônio. Ele pede a colaboração da população como testemunhas, em casos que presenciarem o crime.

“O crime de roubo tem aumentado significativamente na região. A Polícia Civil tem trabalhado para elucidar esses casos, que não são fáceis. As pessoas estão receosas de testemunhar contra esse tipo de crime, e já alertamos que precisamos da contribuição da população, que acredite na polícia e na justiça, que realmente fale o que viu e o que presenciou”, falou o delegado.

Segundo Vinícius, o foco dos assaltantes tem sido celulares e motos, que normalmente são utilizadas para praticar outros roubos posteriormente. As motos são abandonadas, ou vendidas para ramais, desfeitas e desmanchadas. “A Polícia civil e os demais órgãos da segurança estamos trabalhando para reprimir esse tipo de conduta. Com muitos crimes precisaríamos de mais policiais. Estamos ansiosos para que essa nomeação da Polícia Civil aconteça o quanto antes. Sabemos que o governo é sensível a essa situação da segurança pública, e será contornado com a chegada dos novos policiais”, destacou o delegado Vinícius Almeida.

banner sicredi

 

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image