#

Polícia

Homem mata esposa, enterra corpo no quintal de casa e confessa à polícia

Suspeito de matar e enterrar a própria esposa no quintal de casa, um homem de 33 anos foi preso nesta terça-feira (7) em Manaus. O corpo da mulher, uma vendedora ambulante de 43, foi encontrado no dia 17 de dezembro do ano passado, nos fundos da casa onde morava com o marido e o filho. Preso, o homem confessou o crime à polícia e vai responder por feminicídio.

De acordo com o delegado da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Paulo Martins, o suspeito se apresentou na tarde desta terça-feira (7) na unidade policial. Ele já era procurado pela polícia e tinha em aberto um mandado de prisão preventiva. O crime aconteceu no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte.

Um dia antes de o corpo ser encontrado, ainda em dezembro, o marido foi até a Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops) registrar um Boletim de Ocorrência para dizer que a esposa estava desaparecida há uma semana. Começaram, aí, as investigações para localizar a mulher.

As colegas de trabalho da vítima sentiram falta da vendedora, passaram a procurar a mulher, até encontrarem o corpo enterrado no quintal da casa. Segundo a polícia, a mulher foi assassinada no dia 11 de dezembro. 

"Ele é réu confesso deste crime bárbaro. Ele alega que vivia um relacionamento conturbado com a sua companheira, disse que tinham discutido no domingo, na segunda-feira não teve contato com ela, pois a mesma trabalhava no Centro. Na terça-feira, novamente, tiveram uma outra discussão. E, na quarta-feira, quando ela chegou do trabalho, o suspeito aguardou as crianças dormirem, a esposa estava lavando louça, e ele deu um mata-leão. Ela que a desmaiou e jogou no chão", contou.

Rotina após o crime
Ainda segundo o delegado, no dia seguinte, o suspeito saiu de casa com as crianças e foi para o trabalho normalmente. O corpo da vítima ficou mais de 24 horas em um cômodo da casa que funcionava como um ponto comercial.

"Na madrugada de sexta-feira, ele enterrou no quintal para tentar ocultar o cadáver", disse.

Para a polícia, o suspeito contou que o casal possuía brigas constantes e a mulher consumia bebidas alcoólicas ao ponto de não deixá-lo trabalhar para ficar com as crianças. As crianças, filhos do casal, estão sob responsabilidade de familiares.

O suspeito foi indiciado por feminicídio. Ele será levado para audiência de custódia e em seguida, encaminhado para uma unidade prisional de Manaus.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image