logo_oficial.png

Polícia

Ação conjunta entre polícias prende suspeito de tráfico

Em uma ação integrada entre Polícia Federal, Militar e Civil, foi dado cumprimento a três mandados de busca e apreensão em Cruzeiro do Sul na manhã desta quinta-feira (28). Durante a operação, um homem foi preso por suspeita de tráfico de drogas. Com o acusado foi encontrada uma pequena quantidade de entorpecente e a quantia de R$2,3 mil, em notas de pequeno valor.

O suspeito foi interrogado pela policia e deve ser encaminhado ainda na tarde de hoje para o presídio Manoel Nery da Silva.

“Na casa dele foi encontrado o valor em espécie de R$2.300 em notas pequenas, o que leva a crer a mercancia do tráfico da substância entorpecente, no período noturno, tendo em vista que ele não conseguiu comprovar a origem do produto. Foi encontrada uma certa quantidade de droga, e ele foi conduzido à delegacia, e certamente será encaminhado a unidade penitenciária no dia de hoje”, falou o polícia civil Vinícius Almeida.

Segundo o delegado, a polícia demorou alguns minutos para adentrar na residência do suspeito, o que pode ter dado tempo para o suspeito jogar fora uma quantidade de droga que estava em um vaso, que será periciado. “No momento que a polícia chegou no local houve uma certa demora para adentrar na residência, tinha um pote com um pouco de água, o que leva a crer que foi lavado no momento da chegada dos policiais na residência, porém com forte odor de cocaína. O vaso será periciado para comprovar que alí havia cocaína”, informou.

Segundo ele, a droga que foi apreendida foi encontrada escondida no congelador da geladeira.

“Essa droga não estava congelada, o que leva a crer que essa pessoa colocou naquele momento se desfazendo, ao pensar que a polícia não ia encontrar essa droga no congelador, pelo fato de já ter feito a limpeza no pote que havia a maior quantidade de droga”, enfatizou.

O delegado da Polícia Federal, Valdir Costa, destacou que a atuação conjunta entre as polícias deve ser feita com maior constância a partir do próximo ano.

“Recebemos uma determinação da nossa superintendência em Rio Branco, que determinou que a partir de 2020 possamos aumentar a integração com as polícias civil e militar e também com as outras forças, como exército, para tentar dar um combate mais efetivo ao crime organizado na região. Se não fizermos dessa forma não teremos o sucesso desejado. Sempre tivemos um excelente relacionamento, mas a partir de agora estaremos intensificando esse trabalho, trabalhando ombro a ombro com as demais forças de segurança em busca de um resultado ainda melhor”, enfatizou.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image