Juruá Online

Economia

Preço da gasolina sofre novo aumento em Cruzeiro do Sul

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (18) mais um aumento dos preços médios de venda às distribuidores da gasolina e do diesel, que já vigoram desde esta sexta-feira (19), segundo comunicado da estatal.
O preço médio de venda de gasolina nas refinarias da Petrobras passará a ser de R$ 2,48 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,23 por litro.

Já o preço médio de venda de diesel passará a ser de R$ 2,58 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,34 por litro.

É a quarta alta do ano nos preços da gasolina, e a terceira no valor do litro do diesel. Em dezembro, o litro da gasolina custava em média R$ 1,84. Já o do diesel saía a R$ 2,02.

Em Cruzeiro do Sul o reflexo desses aumentos consecutivos se reflete nas bombas no momento em que o consumidor vai abastecer o seu veículo.

Já na sexta-feira,19 e sábado,20, o preço médio dos combustíveis sofreu aumento.

A Gasolina que custava R$ 6,09, passou para R$ 6,35. O Diesel comum de R$ 5.25, passou para R$ 5,85 e o Diesel s10 também ficou com esse preço.

Um gerente de posto de combustível de Cruzeiro do Sul disse que sua empresa repassando bem menos do que o que a BR repassou. "Se agente fosse reajustar no pé da letra os percentuais que repassará pra gente nesses 4 últimos aumentos somente esse ano, o preço já deveria estar em torno de R$ 6,65 à R$ 6,68. Na verdade só não passou para esses valores porque os donos de postos estão segurando e só repassando o mínimo necessário pra que agente possa ter uma pequena margem de lucro.

A Petrobrás explica que “até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis.

Nesta sexta-feira, o Presidente Jair Bolsonaro anunciou a indicação de general Joaquim Silva e Luna para assumir presidência da Petrobras.

A Indicação acontece após críticas de Bolsonaro à gestão da estatal por conta dos aumentos frequentes do combustível.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA