jurua_online_outubro_rosa.png

Cotidiano

Previous Next

Transporte clandestino prejudica empresa de ônibus que faz linha com o Guajará

Devido às atividades de transporte clandestino a linha de ônibus que desloca passageiros entre Cruzeiro do Sul e o município do Guajará (AM) irá finalizar as atividades segundo informações dadas por pessoas ligadas a empresa que não quiseram se identificar. Gastos com gasolina, manutenção da frota e o pagamento para motoristas e cobradores, estão sendo superiores ao valor arrecadado com os poucos passageiros que ainda usam o serviço. As informações obtidas indicaram que a média é de cinco passageiros por viagem.


"Temos desenvolvido um trabalho constante para inibir o transporte clandestino de passageiros, no início do ano atuamos de forma intensa, mas infelizmente veio a pandemia e tivemos que dar uma recuada. O fato é que nunca paramos de fazer as ações e penalizando quem faz essa prática" disse o Secretário Municipal de Transportes, Muniz Verçosa, que explicou também sobre quem for pego na ilegalidade, de acordo com ele o infrator terá o veículo conduzido para o pátio do Detran e serão aplicadas as multas que a lei determina.

 

Como o percurso fica entre dois estados, a jurisdição de Cruzeiro do Sul pode apenas fiscalizar até o limite da fronteira intermunicipal e cabe ao município vizinho também inibir esse tipo de transporte. Sobre as abordagens feitas pelos órgãos competentes ele disse que sempre tem o intuito  de orientar, pois nesse trasporte a vida dos passageiros pode ser colocada em risco, "A intenção não é aplicar multas nem prejudicar ninguém, mas sim conscientizar de que a pessoa não pode fazer esse transporte clandestino", afirmou.


Essa prática ilegal não se restringe à viagens ao Guajará, mas outras cidades como Mâncio Lima, Rodrigues Alves e BR 364, Muniz informou ainda que e a Secretaria de Trânsito juntamente com a Polícia Militar e a 1ª CIRETRAN de Cruzeiro do Sul trabalham juntas executando as operações que tem intuito de conter o crescimento desse tipo de transporte.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image