setembro_amarelo_tv_jurua.png

Cotidiano

Previous Next

Mulher com criança especial não é atendida no INSS em Cruzeiro do Sul devido cancelamento no retorno das perícias e atendimentos

Fila e reclamações da população foi o cenário na manhã desta segunda-feira (14) em Cruzeiro do Sul na  porta do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Diversas pessoas que buscavam atendimento para resolverem suas pendencias pencionistas e que marcaram a perícia médica foram recebidos com o aviso que os atendimentos haviam sido cancledos. Segundo Maria Viana da Silva, que veio da Agro Vila do Muju, ela gasta cerca de R$ 300 para se deslocar até Cruzeiro buscando atendimento da consulta pericial, mas desde o mês de abril que ela não obtém resultado positivo em suas vindas ao município. 

 

"Dia 24 de agosto eu vim e me mandaram voltar e agendar pelo telefone, chego aqui e a moça avisa que o doutor não vai atender", desbafou a mulher que tem uma filha especial e está sem receber o benefício. De mãos atadas e sem ser atendida a segurada teve que voltar para casa sem informação de quando as atividades serão retomadas, "Eu quero o benefício por direito dela, eu compro duas caixinhas do remédio dela por cem reais, que é o remédio pra ver se ela consegue dormir. Eu vou lutar pelo benefício dela, nem que seja através da justiça", desabafou.

 

Em esclarecimento para a população, o Diretor do INSS em Cruzeiro do Sul, Fernando Júnior, explicou que devido a problemas na energia elétrica da agência e falta de estrutura para atender o público, a retomada nas perícias e demais atendimenos não tem data prevista. "O que podemos avisar é que conforme a agência for reabrindo alguns serviços serão retomados gradualmente e possivelmente as perícias médicas. Hoje não haverá atendimento presencial por motivo de uma questão por problemas na fase de enrgia e pela espera da equipe que irá estruturar a agência para atender os segurados, trazendo segurança para eles e também para os funcionários" disse.

 

Questionado pelo caso da senhora que que veio da zona rural com a filha deficiente nos braços, ele informou que não está sabendo do agendamento dela e lamentou que a mesma tenha se deslocado. Informou ainda que se o caso dela for um requerimento inicial, será necessário primeiramente ser realizado pelo Assistente Social através do CAD-ÚNICO, "Vamos ter que analisar se é um requerimento inicial ou questão de revisão devido o LOAS estar sendo revisado" concluiu.

 

No Brasil: "O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou a retomar, nesta segunda-feira (14), o atendimento presencial em parte de suas agências, depois de mais de 5 meses de portas fechadas por causa da pandemia de coronavírus. Os médicos peritos, no entanto, decidiram não retomar as atividades, e todas as perícias médicas agendadas foram suspensas. Segundo o INSS, os segurados precisam fazer a remarcação pelo Meu INSS ou pelo telefone 135."

 

 

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image