jurua_online_outubro_rosa.png

Cotidiano

Seca do Juruá se intensifica e prejudica navegação

O verão intenso chegou e o primeiro sinal é a aparição das prainhas, que nesta primeira semana de agosto se estendem por metros, acompanhando as curvas do Rio Juruá. O contraste entre a areia, rio, o verde da mata e o céu azul, deixa a paisagem encantadora. Contudo, para quem trabalha com embarcações de grande porte este é um período bastante delicado.

“No período de inverno a gente sai 12h e chega 3h da madrugada, na estiagem saímos 7h do sábado e só chegamos na segunda por volta das 8h”, disse o barqueiro Auricélio Costa, que trabalha abastecendo os municípios do alto Juruá e municípios do Amazonas.

Comparado ao mesmo período do ano passado, a estiagem está mais intensa e o nível do rio está em 4.15 metros, sendo possível chegar a dois metros de profundidade, situação que dificulta a navegação. “Esperamos que essa estiagem não seja muito severa, e que a gente não chegue ao nível crítico. A perspectiva é que tenhamos chuva a partir do dia 15 de agosto e que a seca no rio não venha trazer transtornos aos meios de transporte”, explicou o Capitão Oliveira Comandante do Corpo de Bombeiros em Cruzeiro do Sul.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image