logo_oficial.png

Cotidiano

Casos de dengue aumentam quase 800% em relação ao mesmo período de 2019 em Cruzeiro do Sul

Os casos de dengue registrados de janeiro a abril em Cruzeiro do Sul apresentaram um acréscimo de 786%, em relação ao mesmo período de 2019. O levantamento foi realizado pela Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com os dados, em 2019 foram 218 pessoas infectadas, enquanto em 2020 já são mais de 1932 casos positivos.

Leonísio Messias, coordenador da vigilância entomológica explicou que o aumento dos casos ocorreram devido a falta do inseticida desde o final de 2019, prejudicando assim as ações de combate.

“Fatores que levaram a esse acréscimo foi a falta do inseticida no ano passado, que é fornecido pelo Ministério da Saúde, e a chegada do vírus tipo 2, tudo contribuiu para esse acréscimo”, falou.

Segundo ele, as ações de controle continuam sendo realizadas, mesmo no período de pandemia do Covid-19.

“As ações estão sendo realizadas e fortalecidas, como a vigilância, que não paramos nenhum momento. Os agentes estão indo nas casas, fazendo o tratamento larvário nos tanques e caixas de água, fazendo orientações para que a população venha a colaborar ainda mais para não deixar o mosquito nascer em seus lares. Estamos fazendo a borrifação, nos casos positivos de dengue, para evitar o mosquito adulto”, explicou o gerente do setor.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image