logo_oficial.png

Cotidiano

Corpo de idosa de Feijó aguarda sepultamento após família contestar que morte não ocorreu por Covid-19

O corpo da idosa Francisca Gomes da Silva, de 71 anos de idade, permanece aguardando sepultamento, após a família entrar na justiça contestando que a idosa não foi vítima de Covid-19. Os novos protocolos do município, estabelecem que nas mortes que ocorrerem em Cruzeiro do Sul, em decorrência do novo coronavírus, os corpos devem ser enterrados no município, com exceção de Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Guajará, que são próximos.

O Hospital apresentou o caso da idosa como suspeito de covid-19, levando em consideração fatores estabelecidos pelos protocolos do Ministério da Saúde, e aguarda o resultado preciso para confirmar ou não o caso. Os parentes alegaram nas redes sociais, que a idosa já teria sido submetida a teste rápido com resultado negativo, e querem levar o corpo do familiar para ser sepultado na cidade natal, Feijó.  

De acordo com a secretária municipal de Meio Ambiente, Suzana Farias, ao que compete o município, todas as ações já foram tomadas. No cemitério, todos os preparos foram realizados, aguardando a decisão, que agora cabe ao hospital e à justiça.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image