Image
Image
Image
Image
Image


    #

    Cotidiano

    Gladson Cameli e Sérgio Moro entregam 127 novas viaturas para as forças de segurança no Acre

    O Governo Federal selou um pacto com o Governo do Estado do Acre pela proteção das fronteiras do estado do narcotráfico e do contrabando de armas e outros crimes de descaminho. Na solenidade oficial de entrega das 127 novas viaturas para as forças de segurança, em frente ao Palácio Rio Branco, o ministro Sérgio Moro, da Justiça e Segurança Pública, reafirmou que a política de combate aos crimes transfronteiriços do governo Bolsonaro será “dura, firme e com estratégias” voltadas para impedir o fluxo das organizações criminosas que utilizam as divisas do Brasil com a Bolívia e o Peru, para injetar entorpecentes, sobretudo a cocaína, em território nacional pelo Acre.

    “O crime organizado é uma das nossas maiores preocupações e temos trabalhado para que os governos estaduais tenham a melhor estrutura de segurança. A palavra principal é ‘integração’. Precisamos estar juntos porque os recursos são escassos. Mas não podemos trabalhar sozinhos. Precisamos melhorar a segurança das nossas fronteiras, locais que onde as culturas se encontram e as pessoas compartilham vivências, mas também que são usados por criminosos que veem uma oportunidade para as suas práticas”, afirmou o ministro Moro.

    Acompanhados do governador Gladson Cameli, do vice-governador, Major Rocha, do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre, Paulo César da Rocha dos Santos, Sergio Moro e o secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, inspecionaram as novas viaturas, que foram adquiridas graças a emendas da bancada acreana em Brasília ainda em 2017, quando do Congresso faziam parte o então senador Gladson Cameli e o então deputado federal Major Rocha, hoje o governador e o vice-governador, respectivamente.

    Foi uma solenidade memorável para o povo do Acre, sobretudo, às pessoas que simpatizam com as ações de Moro quando ainda este ainda era juiz da operação Lava-Jato. Aos gritos de
    ‘Moro, cadê você? Eu vim aqui só pra te ver!’, os manifestantes foram correspondidos prontamente com a ida do ministro até eles, quebrando parte do protocolo. “Agradeço a acolhida, a hospitalidade e a simpatia do povo do Acre, que nos indica que estamos no caminho certo”, frisou o ministro, logo depois.

    Na solenidade, o vice-governador Major Rocha, originário das fileiras da Polícia Militar do Estado do Acre, fez a fala principal do Executivo estadual. Ele fez um retrospecto do que eram as forças de segurança e como hoje elas estão sendo tratadas, com dignidade e respeito.

     

    Populares compareceram ao evento para prestigiar ministro da Justiça e Segurança Pública Foto: Odair Leal
    “Nosso estado era o segundo mais violento do país e tínhamos Rio Branco como a capital que liderava os índices de mortes violentas. Faltavam fardamentos e as viaturas estavam, em sua maioria, quebradas. Hoje, vivemos outros tempo. Vivendo a entrega do maior número de viaturas da história do Acre e agradecidos pelo apoio fundamental do Governo Federal”, destacou Rocha.

    As viaturas entregues foram compradas por meio de um aporte de R$ 14 milhões a um custo médio de R$ 140 mil por unidade. Elas servirão à Polícia Civil, à Polícia Militar do Estado do Acre, Batalhão de Operações Especiais da PM, ao Corpo de Bombeiros e ao Grupo Especial de Fronteiras, o Gefron.

    banner sicredi

    banner gazin 300

    © Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

    Image
    Image
    Image

    PUBLICIDADE

    Image