Image
Image
Image
Image
Image


    #

    Cotidiano

    Diagnosticados com doença de chagas, casal não tem condições para fazer tratamento

    O agricultor Francisco e sua esposa Maria José, moradores do Seringal Triunfo, comunidade rural localizada no município de Marechal Thaumaturgo, foram diagnosticados no mês de agosto com doença de Chagas. Após a descoberta, o casal começou a viver um verdadeiro drama. Os dois precisam tomar mensalmente oito caixas do medicamento ‘Entresto’ (sacubitril/valsartana), utilizado para tratar insuficiência cardíaca, mas sem condições financeiras para realizar o tratamento, a situação vem preocupando o casal.

    Cada caixa do remédio custa R$200, o que acarreta um gasto mensal de R$1600. O casal também ainda não conseguiu o benefício de auxílio-doença. Com oito filhos para sustentar, a situação tornou-se uma preocupação constante.

    “O dinheiro que tínhamos já acabou todo, pois tivemos que vir aqui na cidade três vezes. Esse remédio custa R$200 a caixa, e não é todo pobre que consegue comprar. É muito triste ver nossos filhos sofrendo, sem ter recurso para comprar nem a comida deles.

    O quadro clínico de Maria José apresentou maior gravidade que o de seu Francisco. Além da aflição por falta de condições financeiras para custear o tratamento, outra preocupação é a distancia que está dos filhos, que encontram-se na comunidade rural.

    “A médica falou que minha situação ainda é mais grave do que a dele, pois estou com o coração muito grande. Sinto muita falta dos meus filhos lá em casa. Lavo uma roupa para um vizinho e outro para conseguir um pouco de dinheiro para comprar a comida. Queria muito que alguém nos ajudasse com esse remédio para irmos embora”, relatou emocionada a mulher.

    banner sicredi

    banner gazin 300

    © Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

    Image
    Image
    Image

    PUBLICIDADE

    Image