Juruá Online

Toque de recolher vai proibir aglomeração em estabelecimentos e permitir circulação na rua

O toque de recolher que será decretado pelo governador Gladson Cameli a partir da próxima segunda-feira, dia 25, em todas as regiões do Acre irá proibir aglomerações em estabelecimentos comerciais como bares e restaurantes. Contudo, a circulação de pessoas na rua não será proibida, conforme informou o Procurador-geral do Estado, João Paulo Setti, durante a coletiva do Pacto Acre sem Covid na manhã desta sexta-feira (22).

De acordo com o procurador-geral, as fiscalizações serão realizadas por órgãos de Vigilância Sanitária com apoio da força policial. “Terá restrição de aglomeração. Haverá certa facilidade de fiscalizar. A partir de 22 horas não poderá haver aglomeração em bares ou restaurantes, que deverão ficar fechados”, explicou Setti.

O toque de recolher vai independer da bandeira de classificação de risco da região. “A restrição de aglomeração vai imperar em todas as regiões. Antes das 22 horas, os estabelecimentos irão funcionar conforme a bandeira de sua região”. A região do Alto Acre, por exemplo, que regrediu para a Bandeira Vermelha, não poderá ter bares ou restaurantes funcionando neste período.

 

A partir de segunda, todas as atividades deverão ser encerradas das 22h às 6h da manhã. “Vamos trabalhar com cautela. Vamos tomar essa atitude unicamente para salvar vidas. Peço paciência a todos. É o momento de todos nós nos unirmos”, disse o governador Gladson Cameli.

A justificativa do governo é o crescimento do número de contaminados por covid-19. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), nesta quinta-feira, 21, o Estado registrou 300 novos casos de infecção por coronavírus. O número de infectados subiu de 45.429 para 45.729 nas últimas 24 horas e mais 4 notificações de óbitos foram registrados, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 844 em todo o estado.

 
 
 
 

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA