Juruá Online

Índio de 107 anos é vacinado com CoronaVac em Mâncio Lima

Dois profissionais de saúde e um índio de 107 anos, Ramiro Ferreira Puyanawa, e a mulher dele, foram os primeiros vacinados com a CoronaVac no município de Mâncio Lima. A vacinação dos profissionais da saúde foi feita nas unidades onde eles atuam e o índio e a esposa dele, Luiza, foram imunizados na Aldeia Barão, onde moram. “Estou feliz com essa vacina e ainda mais porque eu e minha mulher fomos vacinados aqui na nossa terra”, explicou o ancião.

Para o município foram destinados 118 doses para os profissionais de saúde e 1.146 para os três povos indígenas da região: Puyanawa, Nawa e Nukini. Nas aldeias a responsabilidade de vacinação aos demais indígenas é do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI).

Mâncio Lima tem uma faixa de 300 trabalhadores da área da saúde. Para atender os profissional da linha de frente do combate ao coronavírus foi feita uma triagem com as 118 doses que o município recebeu. O prefeito Isaac Lima, exaltou o fato dos profissionais de saúde, serem os primeiros a receberem a vacina de combate ao novo coronavírus. “São eles que cuidam de quem adoecer e merecem a prioridade na imunização”.

 

Antônio Joaquim Oliveira e Evanilda Maia de Araújo, técnicos em enfermagem, também foram vacinados no ato de abertura da vacinação em Mâncio Lima. Os demais servidores do Hospital Dr. Abel Pinheiro também já estão sendo vacinados e nas unidades de saúde , a ação começa nesta quinta-feira, 21, por causa do feriado de hoje.

Cinco municípios já têm a vacina

Todos os 5 municípios do Vale do Juruá já receberam as doses da CoronaVac nesta quarta feira, 20. As doses da regional foram enviadas para Cruzeiro do Sul em avião. Para Marechal Thaumaturgo e Porto Walter, o produto foi transportado pelo helicóptero Harpia 4 do governo do Estado. Toda a distribuição foi coordenada pelo governador Gladson Cameli.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA