logo_oficial.png

Acre

Polícia cumpre mandados de prisão em operação que investiga desvio de dinheiro da merenda escolar no AC

Após dois meses de investigação, a Polícia Civil começou, nesta quinta-feira (8), a Operação Mitocôndria em cidades do Acre. A ação, segundo a polícia, é para frear desvio de recursos da merenda escolar no estado.

A Delegacia de Combate à Corrupção (Decor), Departamento de Inteligência (DI), em parceria com a Controladoria Geral do Estado (CGE), estão cumprindo sete mandados de prisão temporária; 20 mandados de busca e apreensão nas sedes de quatro empresas na capital, Tarauacá e Xapuri, além dos depósitos de merenda escolar da Secretaria de Educação em Rio Branco, Tarauacá, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul.

Policiais foram até empresas em cidades no interior do Acre — Foto: Asscom/Polícia Civil Policiais foram até empresas em cidades no interior do Acre — Foto: Asscom/Polícia Civil
Policiais foram até empresas em cidades no interior do Acre — Foto: Asscom/Polícia Civil

 

O valor total do desvio não foi divulgado, mas a polícia diz que pode chegar a R$ 22 milhões. Os investigados tiveram R$ 5 milhões bloqueados de suas contas. Além disso, a Justiça tornou, temporariamente indisponíveis, bens móveis, imóveis, entre outros.

Estão entre as práticas cometidas, produtos e itens com qualidade inferior ao contratado ou em quantidade menor, além falsificação de documento público, falsidade ideológica e associação criminosa. O G1 entrou contato com a Secretaria de Educação, mas não recebeu retorno até esta publicação.

Os envolvidos devem responder conforme a Lei de Licitações e Contratos Públicos. A Polícia Civil vai dar mais detalhes da operação durante coletiva ainda nesta quinta.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image