logo_oficial.png

Acre

Saúde no Acre deve receber mais de 150 mil EPIs para o combate do novo coronavírus

Para reforçar a segurança dos profissionais de saúde, que estão na linha de frente ao novo coronavírus, o Acre deve receber luvas, máscaras cirúrgicas, óculos de proteção, sapatilhas, avental, touca hospitalar e álcool etílico de 500 ml e 100 ml.

Ao todo, foram destinados para o combate ao novo coronavírus no estado acreano mais de 150 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e mais de 700 frascos de álcool.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira (30) pelo Ministério da Saúde. Segundo o governo federal, foram distribuídas 14,22 milhões de máscara cirúrgicas, 24 milhões de luvas para procedimentos não cirúrgicos e 1,36 milhão de outros EPIs para os estados brasileiros.

O material é destinado para os profissionais de saúde dos estados brasileiros. A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) informou que o material tem chegado aos poucos.

No Boletim divulgado pela Secretaria estadual de Saúde, nesta segunda (30), o Acre tem 41 casos de Covid-19 confirmados. Dos confirmados, 34 são de Rio Branco; 6 de Acrelândia e 1de Porto Acre.

Equipamentos produzidos no Acre
Com o avanço dos casos no estado acreano, alunos do curso de medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac), campus Rio Branco, estão produzidos EPIs em um dos blocos do curso.

Na terça (26), o Poder Judiciário anunciou o envio de mais de R$ 63 mil para o projeto.

Também para ajudar a não faltar os equipamentos, detentas da Unidade de Regime Fechada Feminina de Rio Branco produzem até 200 máscaras por dia. O material é produzido em TNT de gramatura entre 70 a 80, que tem as mesmas especificações das máscaras produzidas de forma industrial.

O equipamento vai ser usado pelos servidores do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iape-AC) e também os profissionais de saúde.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image