#

Acre

Anac autoriza voos para o aeroporto de Feijó

Depois da intervenção preventiva feita pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Governo do Estado do Acre, cumpriu as exigências e o aeroporto de Feijó foi devidamente liberado.

Na ocasião do embargo, o governo já vinha recuperando as dependências físicas do aeroporto, com o objetivo de manter a ligação aérea entre o município e as demais localidades. Entre as exigência da Anac consta um plano de gerenciamento de risco e fauna. Por sua vez, o Comaer, órgão ligado à estrutura de aeroportos, exigiu que o Deracre, responsável pelos aeroportos de municípios isolados no Acre, nomeasse um administrador para o aeroporto.

Em virtude do embargo, os gestores procuraram cumprir o mais rápido possível as exigências da Anac, visando abreviar a liberação do aeroporto para o tráfego aéreo.

De acordo com o engenheiro Sócrates Guimarães, responsável pela parte de Hidrovias e Aeródromos do Deracre, “o aeroporto vai entrar em operação em 48 horas”. Ele afirmou ainda que ”os voos noturnos entrarão em atividades brevemente, quando for regularizada a parte de iluminação”.

Todos os assuntos relativos aos aeroportos são tratados com bastante atenção pelo governador Gladson Cameli e, por isso, desde o ano de 2019, as pistas dos municípios isolados estão recebendo manutenção.

Cameli tem feito pessoalmente as cobranças à sua equipe de assessores, que têm trabalhado com afinco em busca de soluções para os problemas dos aeroportos administrados pelo Estado.

banner sicredi

 

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image