logo_oficial.png

Acre

Multinacional americana apresenta projeto para expansão da produção de grãos no Acre

A expansão da produção de grãos no estado foi o assunto da reunião ocorrida na manhã desta sexta-feira, 10, entre a Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa), a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), a Companhia de Armazéns Gerais e Entreposto do Acre (Cageacre) e Federação da Agricultura e Agropecuária do Estado do Acre (Faeac).
Na ocasião, representantes da empresa GSI, uma multinacional americana, apresentaram projeto de estrutura de secagem e armazenagem de grãos para expandir a produção acreana e comportar a demanda dos produtores.

De acordo com o secretário da Sepa, Edivan Azevedo, o objetivo da reunião foi mostrar as tecnologias disponíveis no mercado, dentro do complexo de silos (local para armazenamento de grãos), a fim de abrigar produção de 300 mil toneladas de milho, algo em torno de cinco mil hectares a mais a serem plantados no Acre.

“Reunimos todo o corpo técnico que trabalha na área da produção de grãos para ouvir a apresentação feita pela GSI, que tem um trabalho muito consistente na região Norte, principalmente no Acre e em Rondônia, mostrando tudo o que há disponível para o mercado da produção, com o intuito de abrigar a grande produção de grãos que almejamos alcançar até o final do governo Gladson Cameli”, afirma.

Segundo o engenheiro Vladimir Tomaz da empresa Agro Alfa, representante autorizada da GSI, o projeto traz toda a estrutura de armazenagem que tem capacidade para estocar 300 mil sacas, com fluxo de secagem contínuo para 100 toneladas/hora e fluxo de expedição para 120 toneladas/hora. “Viemos apresentar o projeto, mostrando os custos totais de implantação do empreendimento no Estado, com uma estrutura que possa atender a demanda dos produtores da região”, esclarece.

Para o coordenador do programa Pecuária Sustentável, Claudio Malveira, a implantação do projeto será muito importante para o Estado. “A proposta é para, em 2021, construir uma estrutura de silos maior, para que o produtor tenha uma estrutura de secagem e armazenagem do grão produzido no Acre. A previsão é que a agricultura aumente no Estado, principalmente com o implemento da soja”, finaliza.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image